Pule para o conteúdo principal

Seja bem vindo a Travel for Life

Somos uma plataforma digital, que traz informações sobre os principais destinos do planeta (e os nem tão conhecido assim), além de reportagens sobre Gastronomia, Hotelaria, Lifestyle, Automóveis, Vinhos & Bebidas, Cultura, Música, Turismo Segmentado e tudo o que acontece no Trade Turístico.

Fale Conosco

Email: redacao@travelforlife.com.br
Telefone: 55 11 95435-3665
Rua Minas Gerais, 59 - Higienópolis – São Paulo (SP) | CEP: 01.244-011 - Telefone 55 (11) 3042-1730

Nossa Localização

Escritores de diferentes partes do mundo participarão da Flipoços

.

Instagram: travelforlifebr | Facebook: travelforlifebr | Twitter: travelforlifebr

.

POÇOS DE CALDAS (MG)

Com nove dias de programação e mais de 100 atividades, o tema desta 14ª edição do Flipoços – Festival Literário Internacional de Poços de Caldas é “Literatura sem Fronteiras”, tendo como Patrono o professor, escritor, crítico literário e intelectual Jorge Schwartz, um dos maiores especialistas em Literatura Latino-Americana no Brasil.

O festival, que tem apoio cultural da Travel for Life, recebe diferentes escritores e atrações que vão abordar aspectos da latinidade, sobretudo, procurar aproximação com os vizinhos latino-americanos através da Literatura. Neste ano o festival ocorre entre os dias 27 de abril a 05 de maio, no Espaço Cultural da Urca e todas as atividades têm entrada gratuita.

A solenidade de abertura, que vai acontecer no dia 27 de abril, a partir 19h30 no Teatro da Urca, homenageará além do Patrono, o escritor sulfuroso Ramiro Canedo de Carvalho, a escritora sem fronteiras Katia Gerlach e o ex-ministro da Cultura, Sérgio de Sá Leitão. Nessa oportunidade, o público contará também com o espetáculo “Los Grandes Poetas del Tango” em homenagem a todos que são e que se sentem “Sem Fronteiras”.

A produção do show foi feita pelo cantor poços-caldense de origem argentina, Lucas Cozzani que terá como parceria de palco a maestrina Valderez Medina Ferreira.

O espetáculo inédito, que vai retratar a literatura e os grandes poetas daquele país, convidará a um passeio pelo ambiente do Tango Canción e entregará a sua alma em cada verso de seus poetas que o imortalizaram. A abertura do Festival é aberta ao público.

Antes da abertura, nesse mesmo dia, às 16h, na Arena Cultural acontece a primeira atividade da temática latina com o editor da Companhia das Letras, Emílio Fraia, na mesa “Quem foi Júlio Cortázar?”. No bate-papo ele falará sobre o livro “O jogo da amarelinha”, uma das obras mais importantes do autor argentino e que está sendo organizada pelo editor e breve lançada pela Cia. A mediação é do pesquisador Sérgio Montero.

Já no domingo, 28 de maio, o festival recebe a mesa Literatura Sem Fronteiras – Portugal, Colômbia e Brasil – “Vidas que se cruzam, vidas sem fronteiras”, com o autor colombiano Juan Quintero Herrera, a portuguesa Calí Boreaz e a brasileira Katia Gerlach, que vive nos Estados Unidos. Mediação Silvia Schmidt.

Fechando a programação do primeiro fim de semana dentro da temática latino-americana, no domingo (28) às 20h no Teatro da Urca, acontece o encontro com o patrono do Flipoços 2019 Jorge Schwartz com a conferência “América Latina: Entre a Literatura e as Artes Plásticas”. Para essa atividade, será necessária a doação de um livro em troca do ingresso.

“Jornalismo literário”

Um dos momentos altos da temática latino-americana, sem dúvida, será a mesa Literatura e Reportagem “A abordagem do narcotráfico pelo jornalismo literário”, dia 01 de maio, às 19h30 no Teatro da Urca com o autor colombiano Alonso Salazar, ex-prefeito de Medellin e biógrafo de “Pablo Escobar – Ascensão e Queda do grande traficante de drogas” que estará pela primeira vez no Brasil. Participa com ele da mesa o autor Allan de Abreu do livro Rota Caipira.

A mediação será do jornalista Edu Carvalho, que viveu nas comunidades no Rio de Janeiro e vivenciou de perto a problemática do tráfico de drogas. Apesar do assunto “espinhoso” a questão do narcotráfico é infelizmente um assunto comum entre os dois países, Brasil e Colômbia.

“Não queremos de forma alguma ‘glamourizar’ o tema”, enfatiza Gisele Ferreira, curadora do Festival, “mas promover uma discussão em que através da literatura possamos encontrar alguma explicação sobre a origem e a irmandade entre os dois países nesse que é um tema extremamente delicado, mas que precisa ser debatido”, conta ela. O assunto é inédito em festivais literários brasileiros, mas pela temática do Flipoços 2019, que destaca a literatura latino-americana a curadoria achou importante essa abordagem.

Já no dia 02 de maio, às 20h, acontecerá também um momento especial da temática da latinidade com a mesa “Autores Sem Fronteiras entre o Brasil e América Latina” com os autores uruguaios Gabriela Aguerre e Fernando Villalba. Fernando que alterna residência entre Uruguai, Brasil e Espanha divide mesa com Gabriela Aguerre, que nasceu em Montevidéu, mas vive no Brasil. Gabriela, acabou de lançar seu primeiro romance “O Quarto Branco” e participa de um festival literário no Brasil pela primeira vez. A mediação será de Fernando Lindoso.

No dia 03 de maio, sexta, às 17h30, na Arena Cultural, dentro da temática também acontece a mesa “Brasil Uruguai e Portugal, o que nos une nas letras” com o escritor uruguaio Fernando Villalba (lançamento do livro “Nunca te duermas escuchando relatos de amor” (Editorial Fin de Siglo), a escritora portuguesa Ana Filomena Amaral (lançamento do livro “O Diretor” Editora Giostri. A mediação Susana Ventura.

Também no dia 03, às 18h, no Teatro acontece a mesa temática “A influência das artes latino-americanas nas artes brasileiras” com o artista plástico mineiro Samora Délcio, a poeta Hilvânia de Carvalho, com mediação de Dani Alvisi. Durante o bate papo o artista Samora executa um obra exclusiva para o Flipoços que posteriormente será doada para o município.

Lançamento

O Flipoços recebe também o lançamento do livro “O Amor Segundo Buenos Aires” com Fernando Scheller, jornalista internacional do Estadão, como parte da temática do festival.

Além dos escritores inéditos e autores ligados à temática hispano-americana, o festival mantém sua tradição de intercâmbio cultural com Portugal, por meio da vinda de autores portugueses.

Neste ano estão confirmadas a presença da poeta Calí Boreaz, da poeta e atriz Ana Pracaschandra, da escritora e curadora Ana Filomena Amaral, do empresário e curador José Pinho, da professora e curadora Manuela Ribeiro, do jornalista Casimiro Simões, do jornalista e curador Carlos Moura-Carvalho e ainda a jornalista e escritora Alexandra Lucas Coelho, que fará lançamento nacional no Flipoços do livro “Deus-dará”.

As trocas de livros por ingressos podem ser feitas no escritório da GSC Eventos Especiais, localizada na Rua Prefeito Chagas, 305 – sala 308 – Centro – Poços de Caldas (MG). O Flipoços 2019 conta com o patrocínio do DME e Café Três Corações, com as entidades Câmara Brasileira do Livro, Câmara Mineira do Livro, Instituto Pró-livro, Embaixada de Portugal no Brasil e Instituto Camões. Mais informações podem ser obtidas no site www.flipocos.com e telefone (35) 3697-1551.

.

.

.

 

Esse post tem 0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo