Pule para o conteúdo principal

Seja bem vindo a Travel for Life

Somos uma plataforma digital, que traz informações sobre os principais destinos do planeta (e os nem tão conhecido assim), além de reportagens sobre Gastronomia, Hotelaria, Lifestyle, Automóveis, Vinhos & Bebidas, Cultura, Música, Turismo Segmentado e tudo o que acontece no Trade Turístico.

Fale Conosco

Email: redacao@travelforlife.com.br
Telefone: 55 11 95435-3665
Rua Minas Gerais, 59 - Higienópolis – São Paulo (SP) | CEP: 01.244-011 - Telefone 55 (11) 3042-1730

Nossa Localização

Ilhabela (SP) recebe nota “A” do MTur e chega ao topo do turismo nacional

Instagram: travelforlifebr | Facebook: travelforlifebr | Twitter: travelforlifebr

 

REGINALDO PUPO

O crescimento no trade turístico, além do aumento do fluxo turístico doméstico e internacional, foram determinantes para que o município subisse da categoria B para a A | Foto Reginaldo Pupo / Travel for Life

Ilhabela (SP) – Localizada no litoral norte de São Paulo, Ilhabela chegou ao topo do ranking do turismo nacional. É o que diz a nova categorização do Ministério do Turismo, divulgada na semana passada, que identifica o desempenho da economia do setor nos municípios que constam no Mapa do Turismo Brasileiro.

O crescimento no número de empregos formais no setor de hospedagem, bem como dos estabelecimentos formais de hospedagem, além do aumento do fluxo turístico doméstico e internacional, foram determinantes para que o município subisse da categoria B, em 2015, para a categoria A.

São mais de 40 praias para serem exploradas pelo visitante, algumas desertas e outras com total infraestrutura. O visitante pode aproveitar, ainda, a Vila – como é conhecido o centro histórico de Ilhabela – que reúne restaurantes, sorveterias e lojinhas para quem deseja levar uma lembrança para casa. O Estado de São Paulo conta com 432 cidades no Mapa do Turismo Brasileiro e estão classificados da seguinte maneira: A (10), B (35), C (93), D (244) e E (50).

“A melhoria na classificação de destinos como Ilhabela mostra que nossos municípios têm trabalhado cada vez mais para fortalecer sua atividade turística e reconhecem que esse é um caminho natural também para o fortalecimento das economias locais. No que diz respeito ao Ministério do Turismo estamos atentos às demandas do setor como melhoria de infraestrutura, legalização e qualificação dos serviços”, avaliou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Vista noturna da praia do Saco da Capela, um dos cartões turísticos de Ilhabela | Foto Reginaldo Pupo / Travel for Life

Categorização

A partir de quatro variáveis de desempenho econômico – número de empregos, de estabelecimentos formais no setor de hospedagem, estimativas de fluxo de turistas domésticos e internacionais – os municípios foram divididos por letras, que vão de ‘A’ a ‘E’. De acordo com a nova classificação, houve crescimento da atuação do turismo em 358 municípios.

Além disso, 189 cidades subiram da categoria ‘E’ para ‘D’, tornando-as aptas a receber recursos federais para promoção de eventos, por exemplo. Isso porque, segundo portaria 39/2017 do MTur, somente municípios classificados entre ‘A’ e ‘D’ podem pleitear apoio a eventos geradores de fluxo turístico. Ainda seguindo essa portaria, apenas 82 cidades ficarão de fora da lista de pleitos do MTur por descer de categoria, uma vez que deixaram a categoria ‘D’ e passaram para ‘E’.

.

Esse post tem 0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo