Pule para o conteúdo principal

Seja bem vindo a Travel for Life

Somos uma plataforma digital, que traz informações sobre os principais destinos do planeta (e os nem tão conhecido assim), além de reportagens sobre Gastronomia, Hotelaria, Lifestyle, Automóveis, Vinhos & Bebidas, Cultura, Música, Turismo Segmentado e tudo o que acontece no Trade Turístico.

Fale Conosco

Email: redacao@travelforlife.com.br
Telefone: 55 11 95435-3665
Rua Minas Gerais, 59 - Higienópolis – São Paulo (SP) | CEP: 01.244-011 - Telefone 55 (11) 3042-1730

Nossa Localização

Restaurante da cerveja Stella Artois chega a São Paulo por tempo limitado

.

.

DA REDAÇÃO | SÃO PAULO


Bolinho Latipá (caruru de folha de mostarda com siri catado), uma das delícias gastronômicas da Chef  Ieda de Matos | Raphael Criscuolo / Divulgação
Salada Sertaneja harmonizada com Stella Artois | Raphael Criscuolo / Divulgação
Uma saborosa combinação da Chef Ieda, com costelinha suína, molho de umbu e pirão de cuscuz suado com tucupi | Raphael Criscuolo / Divulgação

Godó, caruru, sururu, molho lambão, arubé, ochim-chim, mugunzá, umbu – esses são alguns dos sabores e expressões regionais que o público vai encontrar no cardápio do Portinha Artois, novo restaurante de Stella Artois em São Paulo. O espaço conceito funciona por apenas um mês sob a liderança da chef Ieda de Matos, fomentando as experiências e a troca de conhecimento em torno da gastronomia.

De 17 de junho a 18 de julho, a cozinheira baiana empresta seu talento e suas panelas ao charmoso ambiente instalado em São Paulo, no bairro da Consolação.

A parceria é fruto da vitória da chef no reality show gastronômico Fora da Rota, promovido pela cerveja da Ambev em 2020 com apresentação de Alex Atala, formato e produção Endemol Shine Brasil e idealização pela CP+B Brasil.

As experiências oferecidas por ela foram as mais votadas pelo público e por um júri de convidados, se destacando entre oito restaurantes participantes.

Adaptado para funcionar no cenário atual, o cardápio do Portinha Artois estará no delivery pelo aplicativo Rappi, levando aconchego em forma de comida para a casa do público para criar momentos especiais ao redor da mesa. Também será possível viver a experiência presencialmente em Higienópolis, na Rua Mato Grosso, 402 – mas para seguir as recomendações de saúde e segurança, o acesso é limitado.

A casa tem capacidade para receber até 18 pessoas, que entram apenas com reservas feitas online e podem permanecer no espaço por até duas horas. O público é acomodado em três ambientes diferentes, sendo obrigatório o distanciamento social, o uso de máscaras e a higienização constante das mãos. Esse formato de atendimento pode mudar, sempre respeitando as regras de circulação da cidade.

Chef raízes

Nascida na Chapada Diamantina, Ieda de Matos vive há 15 anos em São Paulo e faz questão de se manter fiel às suas raízes, usando insumos de pequenos produtores locais e valorizando os ingredientes que vêm da terra. Além de cozinheira de mão cheia, a dona da Casa de Ieda também é uma ótima contadora de histórias, compar-tilhando com afeto e autenticidade um pouco do que viu e viveu.

“Luto muito pela valorização do pequeno produtor, por isso penso sempre na cadeia e em quem eu posso trazer comigo. Temos que valorizar essas pessoas e saber de onde vêm nossos alimentos – inclusive, o uso consciente desses ingredientes estimula o cultivo e faz com que eles não sejam extintos”, conta Ieda.

“Assim como a Casa de Ieda é um lugar para todos, quero o mesmo para o Portinha, mesmo no delivery. Meu intuito sempre foi e é fazer comida para abraçar todo tipo de gente. Ganhar o Fora da Rota entre tanta gente talentosa e ter a oportunidade de comandar a cozinha do Portinha tem sido muito especial para mim e minha família. Foi muito gostoso criar esse cardápio e eu espero que o público sinta esse carinho”, complementa.

.

Menu é tão variado quanto a criatividade de Ieda de Matos

O menu do Portinha é tão variado quanto a criatividade de Ieda, reunindo não só as referências da Chapada Diamantina, mas também da cozinha africana da Bahia – além do cardápio tradicional, que tem cinco opções de entrada (de R$ 18 a R$ 32), cinco pratos principais (de R$ 48 a R$ 98, este último para compartilhar) e três sobremesas (de R$ 18 a R$ 25, sendo uma delas um bolo de chocolate com cerveja Stella Artois envelhecida em putumuju, iogurte, mesocarpo de babaçu e geleia e nibs de cacau), a chef baiana ainda preparou opções especiais para alguns dias da semana.

Parte interna do restaurante Portinha Artois. Ambiente charmoso e harmonioso | Raphael Criscuolo / Divulgação
Fachada da Portinha Artois, em Higienópólis| Raphael Criscuolo / Divulgação
A Chef Ieda de Matos, que venceu o reality show gastronômico Fora da Rota em 2020, com apresentação de Alex Atala | Bruno Favary /Divulgação
Bolo de chocolate com cerveja Stella Artois envelhecida em putumuju | Raphael Criscuolo / Divulgação

Às terças-feiras, é possível adquirir o “Kit Portinha” (R$ 60), que leva quatro unidades médias de acarajé e abaré com molho de pimenta nagô e salada de tomate verde.

Às quintas, sextas e sábados, fica disponível o “Kit Happy Hour” (R$ 111), com comidinhas para compartilhar – além de quatro Stellas long neck, a entrega inclui quatro unidades de godó de banana verde e bolo de arroz vermelho, quatro unidades de bolinho latipá (caruru de folha de mostarda com siri catado) e molho lambão de cambuci fruta e duas unidades de pamonha salgada com cortado de palma, queijo meia cura, jiló defumado e coroado com milho verde tostado.

Às sextas, o Portinha ainda oferece o menu “Da Feira Ao Prato” (R$ 58), quando Ieda prepara um jantar sustentável com os ingredientes da feira vizinha do restaurante, valorizando os pequenos produtores.

“Vida Artois”

“Stella Artois é apaixonada por criar bons momentos. A gente acredita que não é preciso de muito para que uma ocasião seja especial e é isso que buscamos oferecer para o público, propondo uma pausa na rotina para aproveitar tempo de qualidade na companhia das pessoas queridas. Se isso acontecer ao redor da mesa, com boa comida e Stellinha gelada, melhor ainda – é o que chamamos de Vida Artois e é também a proposta do Portinha Artois”, conta Mariana Porto, head de marketing de Stella Artois.

Troca de conhecimento – Incubadoras para empreendedores do segmento da alimentação e mentorias para o público sobre temas relacionados à gastronomia, tudo online e gratuito

No projeto do Portinha, o conceito de “ao redor da mesa” ainda vai além da experiência literal do restaurante, incluindo também produção de conteúdo e troca de conhecimento em gastronomia. É por isso que a agenda também inclui uma programação de incubadoras para empreendedores do setor alimentício e mentoria para consumidores interessados em se aprofundar no universo gastronômico.

No primeiro, as palestras gratuitas acontecerão às segundas-feiras, de 21 de junho a 12 de julho. No segundo, de 24 de junho a 8 de julho. Os dois formatos são online e gratuitos, com capacidade para até 200 participantes por sessão – a dica é acessar www.stellaartois.com.br/portinha e se cadastrar o quanto antes para garantir as vagas.

.

SERVIÇO – PORTINHA ARTOIS

Período de funcionamento: 17 de junho (quinta-feira) a 18 de julho (domingo)

Endereço: Rua Mato Grosso, 402 | Higienópolis | São Paulo  (SP)

Dias e horários de funcionamento (presencial e delivery) – Sujeito a mudanças de acordo com as regras de funcionamento dos estabelecimentos na cidade:

  • Terças às sextas – funcionamento para o jantar, das 17h às 21h
  • Sábados – funcionamento para o almoço, das 12h às 16h, e para o jantar, das 17h às 21h
  • Domingos – funcionamento das 12h às 18h

Pedidos via delivery: aplicativo Rappi (raio de entrega de 8 km, taxa de entrega adicional)

Reservas obrigatórias para atendimento presencial: www.stellaartois.com.br/portinha (Capacidade para até 18 pessoas, com permanência no espaço por até duas horas; é obrigatório o distanciamento social, uso de máscaras e higienização constante das mãos)

.

.

.

.

.

Esse post tem 0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo